• Racing Weekend Portimão 2017

    Francisco Abreu conquista o TCR Ibérico

    A corrida correu bem, mas o arranque não correu como queria, na outra corrida tinha corrido melhor. Chegamos os três, eu, o Rafael e o Edgar lado a lado ao fim da primeira corrida. Andamos ali numa batalha.

    Chegamos a seguir ao gancho, o Rafael saiu muito fora, eu cheguei atrás do Édgar e vi ali uma oportunidade.

    O Edgar conseguiu fechar, foi um “close racing” mas consegui ganhar a primeira posição e conseguir um bom ritmo e levar o nosso Golf que tem estado incrível durante o fim de semana. A equipa tem feito um excelente trabalho.

    Foi o título que conseguimos ganhar este ano, fomos campeões do TCR Ibérico e vice campeões do TCR Portugal. É um resultado que dá um alento à equipa e todo o trabalho que fizemos ao longo do ano, a equipa merecia isto.

  • Francisco Mora em Braga

    Francisco Mora campeão em Braga

    "Foi praticamente igual às outras, tínhamos a estratégia delineada desde sexta-feira, desde quando experimentamos os setups e simulamos as corridas: era tentar ao máximo puxar nos primeiros 5/10 minutos para criar uma boa vantagem.

    Toda a gente podendo, também gosta de fazer isso, nós trabalhamos para isso e felizmente até agora temos conseguido seguir a estratégia que temos delineado e foi bastante bom, criei uma boa vantagem nas primeiras 7 voltas e a partir daí foi gerir para poupar para a ultima corrida, que também é o problema deste fim de semana, é ter 4 corridas neste circuito, é bastante complicado para os pneus, temos de fazer uma boa gestão e não podemos forçar a corrida toda senão na ultima corrida vamos sofrer muito e é isso que eu estou a fazer.

    Tenho ganho mas também pensado na corrida sempre a seguir e para já tem corrido bem, espero que na próxima corrida consiga ganhar outra vez que é para ser praticamente campeão aqui em Braga"

  • Rafael Lobato estreia o TCR Portugal 2017 com vitória

    Lobato vence no Estoril

    Comecei bem, fiz um bom arranque. Tive um período em que o Francisco Abreu se estava a aproximar, mas aumentei o ritmo para manter aquela distância. Quando soube que ele tinha perdido umas 5 ou 6 décimas, continuei mais duas ou três voltas na mesma décima em que estava e foi o suficiente.

    O carro estava excelente e consegui um andamento muito bom desde o início. Claro que tive problemas de pneus ao estar sempre na sempre, mas isso é de forma geral. Pronto, consegui. Quero agradecer à Veloso Motorsport pelo carro que me deu... a vitória também é deles.

    Estava à espera do pódium, mas da vitória não. Principalmente pelo andamento e pelo conhecimento que os adversários já tinham dos carros desde o ano passado. O carro novo é diferente, mas ainda bem! Este carro é mais pesado, temos o carro mais pesado do pelotão. Sentimos um maior desgaste dos pneus, principalmente. Tenho de travar mais cedo, para poder suportar o peso.

  • Francisco Carvalho em 2016

    Francisco Carvalho

    Foi difícil chegar a um fim de semana do termino da época a frente do campeonato. Primeiro porque não tivemos armas iguais e depois com o meu acidente em Vila Real estraguei um pouco o que eu e o Nuno temos feito que tem sido de uma regularidade impecável que nos permite estar onde estamos,a frente. Vamos para o último fim de semana com a vontade de vencer e eu espero que no final do fim de semana o título seja nosso.

    Quando falo em armas iguais refiro me a diferença da caixa de velocidades entre DSJ e Sadev

  • Nuno Batista em 2016

    Nuno Batista na frente

    Como se diz habitualmente, "candeia que vai à frente ilumina duas vezes"!

    Como tal, vamos para o Estoril com vontade de fazer um fim‑de‑semana em grande. Queremos muito ser Campeões Nacionais!

    Esperamos já ter disponível a nova caixa de velocidades sequencial, por forma a eliminar o handicap técnico que temos desde a primeira corrida.

    Mesmo assim, chegamos à última prova dependendo apenas de nós, o que comprova o nosso bom trabalho ao longo da temporada.

  • José Rodrigues em 2016

    Atacar desde a primeira volta!

    Hoje, a estratégia era completamente diferente, era “full atack”, atacar desde a primeira volta. Eu sabia que se arrancasse bem conseguiria fugir dos meus adversários para não ter de me defender de nenhum ataque. Foi assim, eu arranquei bem da primeira vez, julgo que fiz o melhor arranque da temporada. Todas as voltas, ataquei como se fosse a primeira. Larguei vantagem, volta a volta.

    Julgo que é muito bom, é inacreditável, no segundo evento do panorama mais alto da velocidade nacional, um piloto com pouca experiencia como eu, vencer em Vila Real: Pole-position, volta mais rápida e vitória.

    É muito positivo, é um bom presságio para o resto da época e vamos continuar a atacar.

  • Francisco Abreu conquista o TCR Ibérico
  • Francisco Mora campeão em Braga
  • Lobato vence no Estoril
  • Francisco Carvalho
  • Nuno Batista na frente
  • Atacar desde a primeira volta!

Provas
Calendário

Provas

Não perca nenhuma prova do Racing Weekend no calendário de provas

Resultados
Live Results

Resultados

Acompanhe ao minuto as corridas do Campeonato Nacional de Velocidade

Classificações
Campeonato

Classificações

Saiba quem está na frente de cada categoria do Campeonato Nacional de Velocidade

  • Anpac
  • Fpak
  • Full Eventos
  • Hankook
  • Murganheira