1ª corrida

Luís Alegria (Datsun 1200) e José Fafiães (Datsun 1200) dividiam a primeira linha da grelha de partida. Ao ligar do semáforo, Fafiães estava na frente, mas Alegria rodava colado, pouco depois invertiam-se as posições e antes ainda de se concluírem duas voltas, Fafiães regressava ao comando.

Treino Livre

O líder do campeonato H75, Luís Alegria, iniciou da melhor forma a jornada bracarense ao bater os seus adversários na sessão de treinos livres disputada na manhã de sábado. O piloto do Datsun 1200 Coupe efetuou uma volta ao Circuito Vasco Sameiro em 1m34.419s, batendo por 0.368s o seu mais direto rival nas contas pelo titulo, José Fafiães (Datsun 1200). O terceiro mais rápido da sessão, Filipe Nogueira (Morris Mini 1275 GT) gastou mais 1.165s que Luís Alegria.

Luís Alegria (Datsun 1200) venceu a segunda corrida, uma prova plena de emoção e surpresas até ao baixar da bandeira xadrez.

Victor Araújo (Datsun 1200) voltou a colocar-se na frente, trazendo José Fafiães (Datsun 1200) logo atrás.

Mais atrás uma luta muito interessante terminou demasiado cedo, quando o Morris 1275 Gt de Filipe Nogueira avariava na recta da meta, ao fim de seis minutos de prova.

José Fafiães (Datsun 1200) partiu na frente e Luís Alegria (Datsun 1200) seguia-o, mas seria “sol de pouca dura”. Um toque, tipo choque em cadeia, motivava que a bandeira vermelha fosse mostrada.

Pelo caminho, na Rotunda do Boque, ficavam: Pedro Botelho (Austin Mini Cooper S), Abel Marques (Autobianchi A 112 Abarth), Paulo Conceição (Datsun Sunny)e Filipe Ferreira (Datsun 1200).

Qualificação

Foi uma sessão muito animada, com Victor Araújo, em Datsun 1200 a conseguir a pole position.

Arnaldo Marques tentava rapidamente arrumar a seu favor a questão de quem seria o detentor da pole-position para a corrida de amanhã, com o tempo de 2m 29,705s, logo nos primeiros minutos da qualificação. Era também o melhor dos Históricos de 71.

  • Anpac
  • Fpak
  • Full Eventos
  • Hankook
  • Murganheira